0800 011 1000
Teste auditivo online
Descubra em 3 minutos como anda a sua audição! Com o teste auditivo online você pode ter um apanhado sobre como está a sua saúde auditiva

Uma boa audição lhe garante melhor qualidade de vida, facilita nossa comunicação e a melhor conexão com os nossos semelhantes. No entanto, o ouvido humano é um órgão sensível e pode ter o seu desempenho afetado por excessos e até mesmo pela idade. Se você percebeu que sua audição pode estar prejudicada, simule com o nosso teste auditivo online. Embora uma consulta com o especialista não possa ser descartada, o resultado lhe dará um feedback rápido e útil sobre sua audição

Devo fazer um triagem auditiva?

Os primeiros sinais de deficiência auditiva geralmente ocorrem após os 50 anos, mas as crianças e os jovens adultos podem também sofrer com a dificuldade auditiva. Após vários anos de utilização excessiva do ouvido, os sons de maior frequência, entre os 2000 a 5000 Hz, são geralmente os primeiros a deixar de ser ouvidos. Esta frequência é pouco perceptível ao ouvido humano, afetando muito pouco a fala. Como tal, uma deficiência auditiva súbita não é reconhecida até que surjam outros sintomas da mesma. Admitir a própria surdez nem sempre é fácil, mas é o primeiro passo para a busca de uma boa audição!

Para os parceiros ou outros familiares, a situação é bastante clara, mas muitas vezes as pessoas afetadas ainda pensam: "Está tudo bem comigo.“
Quanto mais cedo realizar uma avaliação de seus limiares auditivos, melhor! A deficiência auditiva não tratada pode ter sérias consequências, levando à depressão ou à demência e até mesmo à incapacidade física. Como tal, muitos médicos recomendam a integração de um teste auditivo anual nos cuidados de saúde pessoais. Desta forma, estará sempre prevenido.

O nosso teste auditivo online de 3 minutos poderá ajudá-lo a obter uma primeira impressão sobre a sua capacidade auditiva.
 

Perguntas sobre a autoavaliação da sua audição:

Se você ou outras pessoas ressaltam que a sua capacidade auditiva está prejudicada, é possível proceder a um "auto questionamento" da mesma antes de realizar um exame de audição: Se você consegue perceber algo sussurrado a dois metros de distância, é provável que não exista qualquer dano à sua audição.
 
Responder às seguintes perguntas com "sim“ ou "não“ poderá ajudá-lo em uma primeira avaliação:
Conversas
  • Sente que as conversas e os sons são pouco claros, embora sejam suficientemente altos?
  • Sente que muitas pessoas sussurram ou falam de forma indistinta?
  • Costuma pedir aos interlocutores para repetir alguma coisa?
Situações especiais
  • Sente dificuldade em perceber tudo durante uma conversa ao telefone?
  • Costuma se sentar à frente em conferências ou no teatro?
  • É difícil para você acompanhar uma conversa em grupos grandes?
  • Esta situação se torna ainda mais difícil quando existem muitos ruídos de fundo?
  • Sente que as conversas de circunstância – uma conversa descontraída – não são propriamente relaxantes, mas cansativas?
  • Perdeu a alegria que sentia em festas e grandes celebrações?
Vida cotidiana
  • Às vezes lhe perguntam por qual razão a sua televisão tem um volume tão alto?
  • Já lhe aconteceu: não ouvir a campainha ou o telefone?
  • Sente que existem cada vez menos pássaros a chilrear lá fora?
  • Como pedestre, costuma se assustar com carros que passam por você por não os ter ouvido?
  • Costuma ter por vezes ou constantemente um ruído em seu ouvido – um zumbido?
Se respondeu honestamente às perguntas, chegará rapidamente a uma avaliação realista da sua própria capacidade auditiva.
 
Se respondeu "sim“ a mais de duas perguntas, você deve ser avaliado profissionalmente por um fonoaudiólogo ou um otorrinolaringologista. Saiba mais sobre o trabalho de um fonoaudiólogo.

O que acontece durante o teste auditivo?

Primeiramente, o fonoaudiólogo fará algumas perguntas sobre a sua situação pessoal. Perguntas como: como começou a perceber que estava com alguma dificuldade auditiva? Se você está exposto a volumes extremos em seu trabalho? As suas respostas permitirão uma primeira avaliação. O teste é então realizado em condições de "laboratório e não em condições reais". Na vida cotidiana, a sua audição é exposta a pressões completamente diferentes. Estas estão incluídas na avaliação do teste.
 
De forma geral, o teste auditivo ocorre em uma sala com isolamento acústico ou em uma cabine à prova de som. São apresentados diferentes sons para serem ouvidos em diferentes frequências através dos fones de ouvido. Estes sons cobrem a faixa de frequência de 125 a 8000 hertz – ou seja, de muito baixa a muito alta. Estes sons passam individualmente em cada ouvido e começam em um baixo volume – na faixa de frequência inaudível – e aumentam lentamente. Dê um sinal assim que ouvir o som pela primeira vez. Geralmente, é utilizado um botão ou uma tecla para o efeito.

Após a realização do teste com os fones de ouvido, poderá ser realizado o mesmo teste novamente, através da vibração dos ossos do crânio.
Isto é necessário para detectar ou descartar possíveis danos do ouvido médio.
 
O teste auditivo é avaliado através de um audiograma. Este mostra os sons do teste em uma escala e fornece, desta forma, informação sobre o nível do limiar de audição em decibéis. Isto permite que o otorrinolaringologista ou o fonoaudiólogo conheçam as frequências nas quais existem discrepâncias relacionadas à audição normal... não só ajuda a diagnosticar diferentes tipos de distúrbios auditivos, como também a escolher o aparelho auditivo correto. O teste auditivo não é apenas uma parte importante do diagnóstico, fazendo também parte do aconselhamento durante a compra de um aparelho auditivo. Depois disto, o fonoaudiólogo irá sugerir diferentes aparelhos auditivos para a realização de testes, de forma que possa verificar individualmente qual o modelo mais adequado para você.
 
Saiba mais informações sobre audiogramas aqui.
 

Dicas para combater o nervosismo

Muitas pessoas se sentem muito nervosas antes de um teste auditivo. Por um lado, não sabem exatamente o que esperar; por outro, temem o resultado.

Em ambos os casos, o nervosismo pode afetar negativamente o resultado do teste. A rapidez com que as pessoas reconhecem um som depende não só da sua capacidade de resposta, mas também da sua disposição – descansadas, estressadas, cansadas – no dia.

Leve o seu tempo e tente realizar o teste auditivo de forma descontraída. Trazer um acompanhante que o ajude a relaxar  também pode ser útil.

Algumas dicas de preparação que podem ajudar a reduzir o nervosismo:

  • Deixe que lhe expliquem todo o processo em silêncio.
  • Experimente os botões antes do início do teste.
  • Certifique-se de que os fones de ouvido lhe assentam bem. Se necessário, remova os óculos ou coloque o cabelo atrás da orelha.
  • Tente respirar calmamente e sente-se o mais confortavelmente possível.
  • A velocidade com que o volume do som aumenta pode ser reduzida. Os intervalos de tempo entre os sons podem ser aumentados. Não tenha medo de pedir para diminuir a velocidade.
  • Cada teste pode ser repetido!

Com que frequência devo realizar um teste auditivo?

Recomendamos que a sua audição seja avaliada anualmente como parte desta prevenção. A repetição regular do teste auditivo pode determinar "como" e "se" a sua capacidade auditiva se alterou. Quanto mais tempo uma deficiência auditiva não for sujeita a tratamento, mais tempo levará para que o melhor desempenho auditivo possível seja restaurado.

Onde posso realizar uma triagem auditiva?

Pode realizar um triagem auditiva em uma consulta com um otorrinolaringologista de sua escolha ou com um dos nossos fonoaudiólogos mais perto de você.

Quanto custa um teste com aparelhos?

Você pode agendar um teste e demonstração com nossos aparelhos auditivos gratuitamente. Veja o ponto mais perto de você

Dicas para os familiares – como ajudar

Como ajudar pessoas com problemas auditivos:
  • Descubra os sintomas que podem surgir durante a deficiência auditiva.
  • Se encontrar algum sinal de problemas auditivos em um amigo ou parceiro, aborde o assunto em um momento mais calmo. Ofereça a sua ajuda de acordo com os passos que se seguem ou faça um teste auditivo online em conjunto com a pessoa afetada.
  • Se for detectada uma deficiência auditiva e tiverem de ser prescritos aparelhos auditivos, deve encorajar a pessoa envolvida durante a sua decisão. Podem surgir hesitações, especialmente durante a fase de habituação – a sua motivação pode ajudar!
  • Conversar cara a cara, de forma clara, explícita e lenta torna a compreensão por parte de pessoas que sofrem de deficiência auditiva mais fácil. Deve prestar atenção a essas situações. Se o seu interlocutor não o conseguir perceber, o melhor é reformular o que disse, em vez de repetir as mesmas palavras várias vezes. A paciência e a compreensão ajudam muito as pessoas afetadas durante esta fase.

Outros assuntos

Nossos fonoaudiólogos
O que é um audiograma?
Essa aplicação usa cookies. Para saber mais sobre o uso dos ‘cookies’, consulte nossa Política de Cookies e de Privacidade dos Dados. Para informações gerais sobre cookies e o que é, visite www.allaboutcookies.org.